domingo, 5 de junho de 2011

Eloquente

Tudo caminhando como o planejado, quero férias.
Mas, ultimamente, a incerteza tem sido minha compainha...
*hapiness too*

Eloquente


Os dias parecem congelados no tempo, as horas, com preguiça do caminhar,
passam lentamente.
Morro na agonia do esperar, aguardar, silenciar.
Morro, ou parte de mim, na possibilidade do ser.
Às vezes até mesmo na impossibilidade do ser ou do estar.
E encontro no badalar do sino o sinônimo do passar do tempo, a saída de cena da espera.
Tento equilibrar todas as extremas áreas, afinal, todos precisam de mim...
Todos precisam de mim ou eu preciso deles?




7 comentários:

  1. Ótimo texto, gostei das palavras que usou, sem falar que me identifiquei.
    Parabéns, e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  2. eu acho que todos precisam de você dependendo da sua utilidade para a sociedade, mas saiba que para as pessoas que te amam a sua presença é indispensável


    http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    sigo quem me segue e retribuo comentários

    ResponderExcluir
  3. obrigado pelo comentario, e foi como lhe disse na comunidade... escrever poesia é uma arte.. a mantenha viva!!

    ResponderExcluir
  4. Acho que a relação da necessidade é uma troca. (:
    Você e recebe!
    Passa lá (: http://suzanaaferreira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito, muito bom o texto! E meio que me vi nesse texto, gostei muito.

    ResponderExcluir
  6. happiness is only real when shared ;]

    ResponderExcluir